Artigos

Palestras

O homem moderno precisa de ferramentas que estimulem a conscientização e a integração do indivíduo, sendo que estas possam vir desenvolver o verdadeiro entendimento, no respeito, na confiança, na coragem e assim seguir em frente de forma segura e equilibrada, em paz.

Estas ferramentas visam abrir canais de percepção, colocar as pessoas diante de si mesmas, isto é, do seu amor, do seu ódio, da sua vitória, do seu fracasso. Enfim, da sua vida. São ferramentas que vêm possibilitando cada vez mais nosso encontro com a nossa verdade, com nós mesmos. Precisamos urgentemente desenvolver um verdadeiro sentimento de respeito e entendimento por si e por todas as coisas, pela Mãe Natureza e pelo Universo. Agimos dia após dia de forma egoísta, pensando somente no que é bom para nós e esquecemos que somos todos iguais e filhos de uma só Criação. Moramos todos no mesmo lugar, num único lar.

Estamos todos interligados e cada qual cresceu em culturas, ensinamentos e educações diferentes, isso tem que ser respeitado e entendido com a alma e não com a mente. Cada um é diferente um do outro na sua mente, como pensa, cada qual com seus sofrimentos. Sofrimentos estes de diferentes tipos e que existem porque deixamos de nos preocupar em olhar nossos desequilíbrios, de onde eles vêm.

Hoje se sabe que os sofrimentos estão sempre ligados aos pensamentos baseados no Futuro e no Passado. Paramos de viver em Paz porque paramos de estar Presentes, de viver este momento, o Agora. A chave para viver em Paz, cheio de alegria e Felicidade é estar Presente, consciente de que só existe este momento, que somos diferentes em pensamento, mas somos todos iguais em essência, NO SER.

Na vida há uma palavra que sempre nos persegue chamada conflito, e trabalhar para não ter ou existir conflito não é uma tarefa fácil. Na verdade, o que é mais fácil é sempre entrar em conflito, brigar é muito fácil e não brigar, este parece mais difícil, casar me parece muito fácil e manter o casamento, mais difícil, sair estourando tudo pela frente me parece fácil e manter a serenidade, mais difícil, exercitar-se para manter uma boa saúde seja ela física, mental ou espiritual, requer bastante força de vontade, coragem e outras coisas.

Assim sendo, aceitar o outro do jeito que ele é exige muito treino, mas o que fazer para realmente aceitar? Por que não é ensinado isso a nós, e sim, somente a ler e escrever e ser inteligente? Como não interferir na essência de cada SER sabendo que cada Criança a carrega consigo? Como deixar as crianças Livres, livres de conflitos, uma vez que até aos 5 anos são isentas de qualquer tipo de conflitos?


Como fazer com que estas crianças não percam o que há de mais gostoso em vida, que é a alegria, a felicidade e a paz, na fase adulta? Por que temos que conseguir resgatar estes sentimentos, depois de adultos, sendo que já os tivemos? Será que conseguir aceitar o outro do jeito que ele é transmite um sentimento de total respeito pelo outro, além de ser um sinal de amor muito elevado e verdadeiro?

E se aceitarmos as coisas do jeito que elas são apresentadas pela vida, será que estaríamos mais em Paz? Se reencontrarmos nosso SER, nossa verdadeira natureza, menos ódio, menos rancor, menos preconceito, menos julgamento, menos competição, menos luta e menos guerra nascerá e haverá PAZ de novo em nosso mundo?

Tenho certeza que sim! Nossa palestra atende a todas as áreas, visando paz, alegria e felicidade baseada na filosofia do Aikido, do Samurai. Visa também a melhoria em todos os setores, seja na empresa ou na vida pessoal.

A palestra tem um conteúdo que pode ser aplicado em qualquer lugar no intuito de melhoria de qualquer campo seja material, físico, mental, psicológico e espiritual.

Terapia com Aikido    Treino de Aikido    Fale Conosco   

Newsletter

As Últimas

Fale Conosco

  • Endereço: Av. Francisco Rodrigues Filho, 670 - Vila Mogilar - Mogi das Cruzes - SP
  • Telefone: (11)94722-4655
  • Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Você está aqui: Home